Processo de Beatriz Rodrigues

Crime/Acusação

judaísmo

Data da prisão

11/02/1559

Estado civil

casada

Estatuto social

cristã-nova

Idade

33 anos

Morada

Portimão

Origem

Inquisição de Lisboa

Sentença

abjuração em forma, cárcere e hábito penitencial perpétuos.

Cônjuge

João Pousado, mercador

Notas

A ré a 29/04/1561 foi mandada para o Bairro dos Judeus, de onde não sairia sem licença, e sendo obrigada a trazer sempre o hábito penitencial, e ainda, a 29 de Julho do mesmo ano foi-lhe autorizada a substituição do hábito e cárcere por penas espirituais, não podendo sair do reino sem autorização.