Processo de Domingos Ferreira

Crime/Acusação

bigamia

Data da prisão

08/01/1700

Estado civil

casado

Estatuto social

cristão-velho

Idade

40 anos

Mãe

Ana Ferreira

Morada

Palmela

Naturalidade

Lobazes, vila de Berim ou Monte Rei, Galiza

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Domingos Fernandes

Sentença

auto-da-fé de 11/08/1700. Abjuração de leve, ser açoitado publicamente, degredo por sete anos para as galés, cárcere a arbítrio; penitências espirituais; pagamento de custas.

Cônjuge

Maria do Simão

Cargos, funções, actividades

trabalhador, guarda de venda

Notas

O réu, que chegou a residir em Chaves, quando se deslocou para Palmela contraiu um segundo casamento com Francisca Gonçalves na igreja de São Pedro, sendo ainda viva a sua primeira mulher

Outras formas do nome

Domingos Ferreira o Guarda, alcunha : o Galego