Processo de Jerónimo Correia de Carvalho

Crime/Acusação

bigamia

Data da prisão

24/03/1654

Estado civil

casado

Estatuto social

cristão-velho

Idade

42 anos

Mãe

Maria Carvalho

Morada

Torres Novas e posteriormente na Ilha de S. Tomé

Naturalidade

Torres Novas

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Belchior Correia, contador

Sentença

auto-de -fé de 11/10/1654 , abjuração de leve, cárcere a arbítrio, degredo de 6 anos para o Brasil, penitências espirituais, pagamento de custas.

Cônjuge

Páscoa Rodrigues

Cargos, funções, actividades

capitão de infantaria

Notas

O réu trabalhava na Ilha de São Tomé

Segundo cônjuge

Violante de Alva