Processo de Maria Coelha

Crime/Acusação

poliandria

Data da prisão

27/05/1706

Estado civil

casado

Idade

40 anos

Mãe

Bárbara Coelho

Morada

Baía, Brasil

Naturalidade

Ilha das Flores, Açores

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Agostinho Pereira

Sentença

auto-de- fé de 30/06/1709, abjuração de leve, ser açoitada publicamente, degredo por 7 anos para Angola, penitências espirituais; pagamento de custas.

Cônjuge

António Luís Cabougueiro

Notas

A ré casou 2ª vez com Sebastião da Costa de Arruda.