Processo de Catarina Pereira

Crime/Acusação

bigamia

Estado civil

casada

Estatuto social

cristã-velha

Idade

25 anos

Mãe

Catarian Pereira

Morada

freguesia de São Bartolomeu, termo da cidade da Baía, Brasil

Naturalidade

freguesia de São Bartolomeu, termo da cidade da Baía, Brasil

Origem

Inquisição de Lisboa

Pai

Manuel Soares, feitor

Sentença

auto-da-fé de 30/06/1709. Abjuração de leve, ser açoitada publicamente, degredo para Angola, por cinco anos, penitências espirituais, pagamento de custas.

Cônjuge

António Vieira Sobral, sem ofício

Notas

A ré casou a segunda vez com Inácio Pereira.